O estereótipo, o olhar e a injúria

  • Felipe Machado

Resumen

O artigo parte do texto O corpo utópico, de Michel Foucault, para pensar as relações raciais em interseção com questões de gênero e sexualidade. Tendo isso em vista, propõe uma relação entre o estereótipo, a injúria e a experiência do olhar, tal como descrita por Fantz Fanon, como gesto que atravessa corpos não conformes às normas do regime heteropatriarcal, contrastando, por outro lado, a lógica da política de direitos e da representatividade e sua lógica com a problematização das garantias levantada por Stuart Hall.

Biografía del autor/a

Felipe Machado

Doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio, onde desenvolve trabalho sobre dança, sexualidade e racialidade entre Rio de Janeiro e Salvador, tendo concluído o Mestrado pelo mesmo programa, em pesquisa acerca de gênero e sexualidade, com bolsa sanduíche na Facultad de Humanidades y Artes da Universidad Nacional de Rosario.

Publicado
2016-09-21